Tenista Luana Avelar conquista torneio no Paraguai

Tenista Luana Avelar conquista torneio no Paraguai

Formada pelo Tenismania, nas escolinhas de tênis do Clube Caiçaras, a patense Luana Avelar conquistou o título no Mburucuya Bowl. O evento foi realizado no Paraguai pela ITF (Federação Internacional de Tênis).

Após o torneio conversamos com Luana, que vive hoje nos Estados Unidos, mas representa muito bem o Brasil e o Clube Caiçaras em eventos internacionais.

Fale sobre a competição. Qual o nível de dificuldade e como foram suas atuações no Mburucuya Bowl?

Foi um torneio muito especial para mim! Por conta da pandemia, eu fiquei muito tempo sem jogar torneios internacionais e eu sinto que toda a minha preparação valeu a pena. Literalmente, eu colhi os frutos do meu trabalho e estou muito feliz. Joguei contra meninas do Paraguai, Bolívia, Colômbia e Estados Unidos. Cada uma com o seu estilo de jogar diferente, o que foi ótimo para eu ver a minha capacidade de adaptação.

Você realizou sua base no tênis dentro do Caiçaras e agora está nos EUA. Qual a semelhança e diferença do esporte nos dois países?

Com relação a minha base no Caiçaras eu só tenho a agradecer ao tio Betho. Ele fez a minha iniciação no tênis ser da melhor forma possível, com muito carinho, motivação e, principalmente, diversão. Isso faz toda a diferença para uma criança com sonhos altos. Agora, em comparação ao esporte entre o Brasil e os Estados Unidos, realmente a estrutura é muito diferente. Nos EUA temos uma variedade de torneios para escolher cada final de semana, muitas pessoas para jogar, vários lugares para treinar, além do largo investimento de escolas e empresários. O Brasil é um país muito grande, com muitos recursos, muitos atletas, muito potencial, mas que infelizmente não investe no esporte como deveria e como poderia.

O que te motiva a cada vez mais buscar torneios e conquistar títulos?

Desde pequena eu sempre fui muito competitiva. Eu não tenho problema em testar os meus limites e treinar duro, então sempre foi mais um lazer do que uma obrigação. Eu amo jogar tênis e o que me motiva é ser melhor do que eu mesma a cada dia.

Qual seu maior sonho, até onde Luana Avelar quer chegar?

Meu maior sonho é me tornar profissional. Obviamente eu ainda tenho um longo caminho pela frente, então agora é passo a passo. O próximo é continuar lutando para realizar um sonho mais próximo, que é fazer universidade aqui nos EUA, onde eu vou poder treinar e competir em um nível maior ainda.

Luana Avelar deixou ainda uma mensagem para os alunos de tênis do Clube Caiçaras: “Os seus sonhos não tem tamanho, lute pelo que você quer. Acredite no seu potencial, porque tudo é possível. Se tem uma coisa que eu aprendi na minha jornada, é que se você realmente quer, se o desejo é genuíno, você vai achar uma forma de chegar lá”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.